Fumante, seja bem-vindo! — não se assuste com o convite.

janeiro 19, 2008

Por favor, sinta-se à vontade!

Caro leitor,

Pense comigo, se eu dissesse logo de início algo do tipo FUMAR NEM PENSAR!, você acredita que isso seria um bom convite ao fumante, ou simpatizante, para continuar a ler o que tenho a dizer a esse respeito? Muito pouco provável. Mas o público-alvo deste artigo é justamente quem fuma. Então, gente, vamos cativá-los com boas palavras para que eles decidam se realmente vale a pena continuar com o vício ou deixá-lo de lado. Só eles, no fundo, é que decidem.

Não vou demorar muito não, até porque tempo é dinheiro, e não precisamos falar mais sobre malefícios do fumo depois de tantas campanhas contra ou até proibição dessa prática dentro de certos recintos. Continue lendo »

Anúncios

Incanto della Natura

janeiro 19, 2008

I Sogni Sono Benvenuti.

Città mágica per eccellenza, Venezia si presenta come un affascinante labirinto di calli e canali, um gioco de terra e de acqua da cui lasciarsi catturare per scoprirne gli eleganti palazzi e le imponenti chiese, il fascino del Canal Grande e del Ponte de Rialto, la ricchezza dei musei e lo splendore delle sue opere d’arte, fra cui i sapori della cucina della laguna.

Venezia è magia.

Petrosky


Assistência à Distância

janeiro 16, 2008

Facilitando a vida, tecnologia auxilia na assistência médica a idosos.

Familiares que gostam de acompanhar passo a paso a vida de seus pais, agora podem ficar tranqüilos com recursos tecnológicos avançados que informam a vida diária deles a todo instante, e, por extensão, já que é via internet, os seus médicos também. Continue lendo »


Percepção Inovadora

janeiro 14, 2008

Teórica ou pragmática?

É possível mudar… O pensamento é livre.

Não obstante o mundo de cada um de nós tenha seu próprio jeito de ser, próprio à individualidade, mal nos damos conta da possibilidade de ver tudo que nos rodeia sob outras óticas, no plural mesmo, nunca dantes imaginadas.

As nossas percepções normalmente não transcendem filtros aleatórios de tentativas de interceptação de pontos de observação de meios insólitos por causa de conceitos individualizados e rotulados já tidos como aceitáveis para cada experiência vivida, ou consolidação de pontos de vista previamente definidos no âmbito padrão. Isso tem seu lado bom pelo referencial que se tem de cada objeto em estudo como também pode atrapalhar princípios de mudança de raciocínio para situações ou decisões que poderiam ter outro desfecho caso esses estereótipos enigmáticos não existissem. Continue lendo »