Bastidores da Wikipédia

WikipédiaA Infraestrutura tecnológica por detrás da Wikipédia é muito maior que normalmente se imagina.

Como leitor ou co-autor, nem sempre você está ciente ou leva em conta o volume de recursos tecnológicos necessários para suportar um grande projeto comunitário, sem fins lucrativos, do qual milhões de pessoas em todo o mundo usufruem como simples fonte de consulta, aprofundamento literário ou difusão de conhecimentos.

Numa época em que Google e Microsoft chegam a desembolsar até meio bilhão de dólares em um de seus projetos globais de centro de dados, toda a infraestrutura da Wikipédia é suportada praticamente às custas de doações mantendo menos de 300 servidores em sua sede em Tampa, Flórida, EUA, além de outros centros de dados na Holanda e África do Sul, com um orçamento que ultrapassa US$ 2 milhões, sem exibição alguma de propaganda comercial. Aí surgem colaborações dos próprios integrantes da Fundação, voluntários e de gente solidária à causa como brasileiros em certos eventos promocionais.

Prepare-se para assimilar algumas estatísticas sobre a maior enciclopédia livre online envolvendo todos os seus aplicativos, em plataformas de código aberto.

Wikipédia, ou Wikipedia na versão original (sem acento e com outra fonética, claro), fundada por Jimmy Wales, também fundador da Wikia, começou em 2001 com script CGI rodando num único servidor, e agora tem mais de 200 servidores de aplicativos, 20 servidores para base de dados e 70 servidores dedicados a cache em Squid.

São 50.000 solicitações de http por segundo; 80.000 consultas SQL por segundo; 7 milhões de usuários cadastrados; 18 milhões de páginas só na versão em Inglês; 250 milhões de links para páginas; 220 milhões de revisões e 1,5 terabytes de dados compactados. A enciclopédia colaborativa é editada atualmente em 257 idiomas ou dialetos num total (atual) de 7,5 milhões de artigos publicados.

Wikipédia é provida pelo software MediaWiki, que foi originalmente escrito para rodar a Wikipédia e agora é um projeto de código aberto. MediaWiki usa PHP rodando num banco de dados MySQL.

Domas Mituzas, engenheiro de operações junto à Wikipédia e que também presta assistência à Sun Microsystems dando suporte a MySQL, numa conferência sobre velocidade no O’Reilly coberta pelo Data Ceter Knowledge, afirma que o MySQL atende demandas na faixa de 200 a 300 gigabytes. Além do Squid, Wikipédia usa Memcahed e Servidor Virtual Linux. Ele mesmo admite que, na Wikipédia, os padrões de viabilidade e eficiência lá adotados não são exatamente do modo convencional de mercado. E sugere para ninguém tente imitá-los confiante dos desafios já enfrentados. Nada tão misterioso tampouco feiticeiro.

Mituzas, descontraidamente durante a conferência, brinca com o público ao afirmar que tempo de manutenção do sistema da Wikipédia representa o produto mais rentável, pois é quando é exibida mensagem solicitando doações para comprar mais servidores.

Os engenheiros da equipe operacional da Wikipédia podem não levar muito a sério seu próprio discurso, mas eles são realmente sérios quanto o assunto é desempenho, capacitação dos meios disponíveis para alcançar seus objetivos mantendo os princípios que norteiam a Wikipédia, enfatizando a comunidade sobre o comércio e obtendo excelente apuração de resultados a partir das doações. Wikipédia mantém alta disponibilidade de informações na casa dos 99%, e os dados empregados à Wikipédia incluem alguns números intelectualmente opressivos.

Senhoras e Senhores, com a palavra… Jimmy Wales:

Claro que teríamos muito que destacar sobre os serviços online gratuitos da Fundação Wikipédia. Contudo, se desejar, procure saber mais a respeito através de trabalhos sugeridos como estes em PDF:

Mark Bergsma, arquitetura da Wikimedia

Mituzas, exposição de fatos em 2007

Talvez você não goste muito de estatística, mas é preciso dar valor a todo esse aparato dispendioso do qual é possível participar interativamente através do compartilhamento de conhecimentos acerca dos mais variados temas em prol do saber.

Você está convidado a colaborar na construção dessa obra. É para o bem de todos e a educação agradece. De uma forma ou de outra, participe!

Petrosky

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: