Transarte

Óxido de zincoFotografia além do comum. É bom relaxar um pouco apreciando beleza cromática em nanoescala através de imagens cativantes.

Pode ser uma questão de conceito ou ótica, mas o dia-a-dia pode ser visto de forma diferente daquela que parece, através da arte. Principalmente quando recursos avançados nos surpreendem por meio de partículas microscópicas digitalizadas.

Pol�meros

Imagem microscópica de polímeros cobrindo um molde de silicone poroso. Mas para o autor , Fatih Buyukserin, a imagem mais parece uma floresta ao longo do rio Hudson.

Trabalhos de pesquisadores da Materials Research Society, EUA, numa de suas exposições semestrais, experimentos científicos revelam também intrinsicamente conotação artística.

consolo

Cristal de ouro quase sem falhas. Autor: Violeta Navarro junto à Universidade de Madri, Espanha.

Pesquisadores de materiais podem labutar por anos seguidos com instrumentos inflexíveis, cristais frágeis ou reações químicas difíceis antes de chegarem ao estágio final com um apanhado de dados preciosos acerca de substâncias oxidadas, por exemplo, que eles estudaram. Agora, o resultado de amostras não apenas rende dados potencialmente importantes como também inspiração artística.

.

Niquel-titâneo

Ligas de níquel-titâneo. Autor: Blythe Core Clark junto ao Max Planck Institute para Metallurgy em Stuttgart, Alemanha.

.

Íons de hidrogênio em n�quel oxidado

Íons de hidrogêneo. Autor: Samuel Rey-Mermet, Ecole Polytechnique Fédérale de Lausanne.

.

Cristal

Finíssimo filme de ferro. Autor: Souliman el Moussaoui, ELETTRA, Itália.

.

Pol�mero

Polímero. Autor: Muruganathan Ramanathan junto ao Center for Nanoscale Materials no Argonne National Laboratory em Illinois, EUA.

.

Cristal

Cristal oxidado de tentátio ou têntalo. Autor: Geoff Brennecka, cientista junto ao Sandia National Laboratory.

.

Óxido

Óxido de nióbio-potássio. Autor: Michael Signatowicz.

.

Comutadores minúsculos

Comutadores microscópicos. Autor: Zhenan Bao, Stanford University.

.

Óxido de zinco

Óxido de zinco em formato de agulhas microscópicas que mais parecem silhuetas de montanhas chinesas, que foram retocas mais tarde por Hui Ying Yang, Nanyang Technological University em Singapura, como complemento artístico.

.

Catalisadores de ouro e gálio

Filamentos nanométricos de óxido de silicone. Autor: S.K. Hark, professor junto à Universidade Chinesa de Hong kong.

Assim como esta última parece ser de gira-sol mas não é, outras formas podem sugerir impressões visuais diversas.

À primeira vista, estas imagens acabam surpreendendo nossos olhos e normalmente nos remetem a elementos visuais já assimilados. Um convite para irmos além e não ficarmos apenas na primeira impressão.

Petrosky

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: